Estudar para aprender significa estudar pouco, mas todo o dia.

Estudar para aprender significa estudar pouco, mas todo o dia.

Família | Artigos

Leitura Partilhada

Autor/fonte: Carlos Nadalim

Leitura partilhada.

As 5 etapas que antecedem o princípio alfabético podem ser divididas em:

1ª) Leitura partilhada.

2ª) Memória auditiva de curto prazo.

3ª) Consciência de frases e palavras.

4ª) Consciência silábica.

5ª) Consciência fonêmica.

A primeira etapa consiste na leitura partilhada. Se a criança

ainda não sabe ler, decodificar sinais gráficos em realidades sonoras, os pais têm de fazer isso para ela. E de que modo?

Lendo histórias em voz alta, de preferência livros ilustrados,

para que ela possa acompanhar a leitura com atenção por mais tempo.

Sabemos que crianças de 15 a 18 meses são capazes de

aprender uma palavra nova por meio de uma única exposição

à imagem que a representa. Ora, é necessário aproveitar esse

momento maravilhoso em que a aquisição de novas palavras

ocorre tão intensamente. Além disso, estudos recentes

demonstraram que há uma correlação entre o tempo de

escuta de histórias e o rendimento posterior na compreensão

textual. As crianças que escutaram mais histórias e por mais

tempo têm um desempenho muito melhor no 4º ano do

Ensino Fundamental, pois compreendem os textos com mais facilidade.

Por essa razão é preciso praticar a leitura em voz alta todos

os dias. E quando se deve começar a ler para as crianças?

Na verdade, os pais podem começar a ler para o filho já

no ventre materno. É importante que a leitura seja um

hábito diário, num cantinho agradável de sua casa, e com

uma rotina bem definida (antes do café da manhã, depois

do jantar, por exemplo). O tempo de leitura dependerá do

tempo dos próprios pais. Se você puder ler uma hora por dia,

distribuída em vários momentos de dez ou quinze minutos,

é um ótimo começo. Quanto mais tempo, melhor! Se você

não tiver tempo para ler todos os dias, grave algumas leituras

e ponha para o seu filho escutar. Mas não deixe seu filho sem ouvir histórias nenhum dia.

A leitura partilhada é uma espécie de trampolim entre a

leitura em voz alta e a leitura silenciosa. Quando seu filho

começar a ler livros sozinho, o desempenho dele será muito

parecido com o que ele tinha enquanto escutava histórias.

Para saber mais, acesse:   http://comoeducarseusfilhos.com.br/blog/

20/06/2018 Pais desejam o que para seus filhos?

Você que é pai, que é mãe, deliberadamente deseja que seus filhos na vida adulta sejam: preguiçosos? egoístas? mentirosos? ladrões? [...]

08/01/2018 Pais podem ajudar os filhos a estudar melhor?

É comum ouvir, pelo país todo, na maioria das escolas, a expressão: semana de provas. Esta prática, associada a outras [...]

23/03/2015 Como Educar seus filhos, para mudar uma sociedade corrupta.

Como Educar seus Filhos para Mudar uma Sociedade Corrupta Criado por Chrystian Sales, Gustavo Henrique dos Santos 3 Métodos:Ensinando ConsciênciaEnsinando ResponsabilidadeDesenvolvendo a [...]

05/01/2015 CONTAR HISTÓRIAS, ESTIMULA A FORMAÇÃO DE LEITORES.

    Muitas vezes queremos incentivar nossas crianças a ler, mas não sabemos por onde começar. Uma boa maneira de promover os [...]

13/11/2014 VALORES INDISPENSÁVEIS A UMA BOA EDUCAÇÃO DE FILHOS

Olhando para o futuro, será possível imaginar que um dia as pessoas poderão abrir mão de valores como a honestidade [...]

20/10/2014 SOBRE MEDIOCRIDADE

Autor do livro PROFESSOR NÃO É EDUCADOR. Geralmente, considera-se pessoa medíocre aquela que não manifesta virtude, capacidade ou comportamento que a [...]


Livros que inspiraram O Movimento

Ensinando Inteligência

Ensinando Inteligência

+ Detalhes
Estimulando Inteligência

Estimulando Inteligência

+ Detalhes
Aprendendo Inteligência

Aprendendo Inteligência

+ Detalhes
Professor não é Educador

Professor não é Educador

+ Detalhes

Depoimentos

Valmor Mioranza

Ao tomar conhecimento do Projeto Pessoas Melhores, lembrei-me de um fato interessante e que pode ser aplicado também nos dias atuais. Quando aluno interno do Colégio La Salle(Toledo), todos os dias na hora do almoço, no refeitório, para mais de 100 internos, existia o momento da leitura. Batia a sineta e era o momento do silêncio para a leitura em forma de rodízio, de um livro, não religioso já determinado pela direção e ou professores do colégio, mas de escritores renomados, Machado de Assis...e outros. Poderia ser levado isto aos colégios, 5 minutos de leitura antes de cada aula, com sequencia no dia seguinte, do mesmo livro, até seu término, ou em empresas cujas refeições são feitas no local, em pelo menos um dia da semana.
Deixe seu depoimento