Quem tem o hábito de ler amplia sua inteligência e pode ter uma vida melhor.

Quem tem o hábito de ler amplia sua inteligência e pode ter uma vida melhor.

País desenvolvido se constrói com pessoas bem educadas e bem instruídas.

País desenvolvido se constrói com pessoas bem educadas e bem instruídas.

Estudar para aprender significa estudar pouco, mas todo o dia.

Estudar para aprender significa estudar pouco, mas todo o dia.

Realize ações propostas no site e promova pessoas melhores.

Realize ações propostas no site e promova pessoas melhores.

Escola | Artigos

ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

Autor/fonte: ARMINDO MOREIRA/FILÓSOFO

Atualmente, o diretor de uma escola é escolhido por eleição. Nesta eleição, têm voto os professores, alunos e funcionários da escola. Geralmente, o eleito é um professor. Então, um professor – o de Geografia, por exemplo – passa a ser o diretor da escola. Este método de escolher diretores de escola é bem aceito, por ser democrático.

 

O novo diretor, quando assume o cargo e começa a trabalhar nele, depara-se com problemas bem diversos entre si. Terá questões referentes ao aproveitamento escolar, ao comportamento dos alunos e ao desempenho dos funcionários; receberá queixas de alunos, de professores, de pais e de funcionários; além disto terá as obrigações estritamente burocráticas. Dose para valentes!!

 

Assim, um professor assume as tarefas de diretor, sem preparação prévia – nem teórica nem prática. No entanto, não parece difícil entender que é ou pode ser nocivo para o ensino esta lei que permite entregar a direção duma escola a quem não recebeu preparação específica para tão exigente função. Esta maneira de escolher diretores é a transformação dum bom professor em aprendiz de diretor.

 

Com apoio no que acima foi dito, pode-se propor e discutir o seguinte:

 

1 – Uma escola pode ser mais eficiente, se o respectivo diretor tiver frequentado um Curso de Direção Escolar.

 

2 – O currículo deste curso – do Curso de Direção Escolar – deve ser feito pelo C.D.E, isto é: pelo Conselho de Diretores de Escola.

 

3 – O C.D.E pode ser constituído por 11(onze) diretores: 5(cinco) que estejam com menos de quatro anos de mandato e 6(seis) que já tenham mais de 8(oito) anos de mandato. É de esperar que os menos experientes apresentem mais problemas e que os mais experientes apontem melhores soluções.

 

4 – O C.D.E será convocado e organizado pelo Ministério da Educação (ou pelo Ministério da Instrução), de cinco em cinco anos, para decidir se o currículo do Curso de Direção de Escola deve ser mantido como está ou se deve ser alterado; e para alterá-lo, se acha conveniente.

 

5 – O funcionamento das escolas públicas melhorará, se estas sugestões forem discutidas, analisadas e postas em prática, quando e onde for possível.

 

Como acabamos de ver, melhorar o ensino não é tarefa de heróis ou de sábios. Simples e humildes cidadãos podem melhorá-lo.

 

 

Curitiba(PR), 03.12.14.

13/09/2018 Filho que manda nos pais

Sendo uma criança ou adolescente que manda nos pais, por que razão este filho aprenderá a ser honesto e respeitoso? [...]

30/07/2018 REGIMENTO ESCOLAR – FUNDAMENTOS LEGAIS, CONCEITO, CONTEÚDO E IMPEDIMENTOS.

REGIMENTO ESCOLAR – FUNDAMENTOS LEGAIS, CONCEITO, CONTEÚDO E IMPEDIMENTOS Regimento Escolar é o conjunto das normas que regem o funcionamento e os serviços [...]

16/06/2017 PARA AQUISIÇÃO DE BONS HÁBITOS DE ESTUDO E LEITURA.

Ao perguntar a qualquer pai ou mãe, se eles gostariam de ter um filho na vida adulta, com características de [...]

03/02/2015 COLABORAÇÃO ENTRE FAMÍLIA E ESCOLA

Pela divulgação do livro PROFESSOR NÃO É EDUCADOR iniciada em fins de 2011, com observação de fatos ocorridos no ambiente [...]

13/11/2014 COMO ALUNOS DEVEM ESTUDAR PARA APRENDER

É comum ouvir, pelo país todo, na maioria das escolas, a expressão: semana de provas. Esta prática, associada a outras [...]

10/11/2014 PROFESSOR E DISCIPLINA

Autor do livro PROFESSOR NÃO É EDUCADOR Dentro de uma sala de aula, a disciplina é indispensável. Sem ela, nem o [...]

20/10/2014 SUGESTÃO DE CURRÍCULO PARA ENSINO FUNDAMENTAL

Autor do livro PROFESSOR NÃO É EDUCADOR.Autor do livro PROFESSOR NÃO É EDUCADOR. Alfabetização é a primeira fase do Ensino Fundamental. [...]


Livros que inspiraram O Movimento

Professor não é Educador

Professor não é Educador

+ Detalhes
Aprendendo Inteligência

Aprendendo Inteligência

+ Detalhes
Ensinando Inteligência

Ensinando Inteligência

+ Detalhes
Estimulando Inteligência

Estimulando Inteligência

+ Detalhes

Depoimentos

Valmor Mioranza

Ao tomar conhecimento do Projeto Pessoas Melhores, lembrei-me de um fato interessante e que pode ser aplicado também nos dias atuais. Quando aluno interno do Colégio La Salle(Toledo), todos os dias na hora do almoço, no refeitório, para mais de 100 internos, existia o momento da leitura. Batia a sineta e era o momento do silêncio para a leitura em forma de rodízio, de um livro, não religioso já determinado pela direção e ou professores do colégio, mas de escritores renomados, Machado de Assis...e outros. Poderia ser levado isto aos colégios, 5 minutos de leitura antes de cada aula, com sequencia no dia seguinte, do mesmo livro, até seu término, ou em empresas cujas refeições são feitas no local, em pelo menos um dia da semana.
Deixe seu depoimento